A nova condição de Onésimo – v. 15-16

Paulo não esconde o erro de Onésimo, segundo as leis romanas, mas ressalta que agora ele é um irmão em Cristo, e isso está acima de qualquer lei humana.

Onésimo havia aceitado voltar para seu senhor demonstrando estar arrependido pelo que fizera, resultado da graça de Deus em sua vida. O encontro com Jesus sempre nos transforma e gera atitudes práticas, e nos ensina que devemos aceitar as consequências pelos nossos erros, por pior que sejam. Paulo poderia ter dito a Onésimo seguir para outro caminho, mas isso não condiziria com sua nova vida em Jesus, e persuadiu, antes de tudo, que ele voltasse e reparece seu erro diante de Filemon.

Paulo ensina a Filemon, e consequentemente à igreja de Colossos, já que esta se reunia em sua casa, que o amor entre irmãos em Cristo está muito acima da escravidão. Em Cristo todos são iguais, não importa o que a lei dos homens diga.

Da mesma forma como ele, Paulo, havia recebido um escravo como irmão em Cristo, Filemon deveria seguir este exemplo.

Publicado por

Alexandre Milhoranza

Sou Alexandre Milhoranza e pertenço à Igreja Batista. Sou Casado com a Ana Claudia e temos dois filhos, a Bárbara e o Eduardo. Atuo profissionalmente com Desenvolvimento de Sistemas Web na plataforma .NET e Sharepoint, mas também estudo Teologia na Faculdade Teológica Batista de São Paulo. Um pecador salvo unicamente pela graça de Deus, e basta.