O pedido a Filemon – v. 10-11

Finalmente Paulo entra no motivo de sua carta a Filemon. Tudo, até aqui, serviu como um preâmbulo, uma preparação, para este pedido em favor de Onésimo.

Paulo trata Onésimo como seu próprio filho. Este era um tratamento que Paulo aplicava sobre seus discípulos. Havia feito o mesmo com Timóteo, e agora, com Onésimo, demonstra o mesmo amor de um pai para com seu filho.

Paulo se entregava inteiramente ao seu ministério de discipulado a ponto de considerar seus discípulos como filhos. Já que Paulo não havia se casado, nem tido filhos, considerava aqueles que Deus lhes dava, tanto cooperadores como discípulos, como sua família, a família da fé.

Outro ponto que merece destaque é que o evangelho havia surtido um efeito tão grande na vida de Onésimo, que ele passaria a ser muito útil a Filemon. Entre outras coisas, o evangelho nos ensina a fazermos todas as coisas como se estivéssemos fazendo para o Senhor. Paulo confia tanto neste evangelho, que é o poder de Deus para transformar as pessoas, que recomenda Onésimo para Filemon, afirmando que sua postura vai mudar, de inútil para útil, pois ele mesmo experimentara isso de Onésimo.

Publicado por

Alexandre Milhoranza

Sou Alexandre Milhoranza e pertenço à Igreja Batista. Sou Casado com a Ana Claudia e temos dois filhos, a Bárbara e o Eduardo. Atuo profissionalmente com Desenvolvimento de Sistemas Web na plataforma .NET e Sharepoint, mas também estudo Teologia na Faculdade Teológica Batista de São Paulo. Um pecador salvo unicamente pela graça de Deus, e basta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *